“Sim, eu estou seguindo em frente, mas isso não quer dizer que eu esteja bem. Estou indo em frente, mas uma parte minha morreu lá atrás.”
Gian Lucas  (via d-iferencia-r)
“Eu juro de coração, eu ainda acredito nos meus pensamentos e nos meus sonhos.”
Diego Castro.   (via poeta-anonymo)
“Eu acho que ninguém é tão louco a ponto de ser louco por mim.”
Desconhecido.    (via lebruces)
“Não superei, mas fiz o que tinha que fazer. Eu tive que aceitar, mas não deixei de sofrer, eu engoli o choro, eu tentei disfarçar. E até menti, me fiz de desapegado falei pra todo mundo que você era só passado. Por dentro o choro, mas por fora o sorriso estampado. Fingi que esqueci, que você nunca foi nada, deixei sumir tudo aquilo que você falava, mas percebi que você é melhor que as desculpas que eu inventava.”
Lucas Lucco. (via h-went)
“Mas acho que a vida é isso mesmo, um dia é bom e o outro é uma porcaria. Não dá pra ser feliz o tempo todo.”
Clarissa Corrêa.      (via a-bsurda)
“Para a dor: chorar alivia, comer besteiras alivia, fazer compras alivia, ir ao psicólogo alivia, escrever alivia, cantar alivia, se embebedar alivia, muitas coisas aliviam. Mas não há nada melhor para aliviar a dor, do que um abraço.”
Gabriel Pizzo.   (via absolvedor)

suffixyou