“Eu sei que sou exatamente o que 99% dos homens não gostam ou não sabem gostar. Eu falo o que penso, abro as portas da minha casa, da minha vida, da minha alma. Basta eu ver o sinal de luz recíproca no final do túnel que eu mando minhas zilhões de luzes e cego todo mundo. Sou demais, tanto que ninguém aguenta. Ninguém entende nada. E eles adoram uma sonsa. Adoram. Mas dane-se. Um dia, um louco, direto do planeta dos 1% de homens, aparece.”
Tati Bernardi. (via escrivador)
“Para sempre não é para todos.”
Arctic Monkeys.  (via confortei)
“Às vezes é bom assumir sua própria insignificância e simplesmente parar de procurar o seu lugar no mundo.”
Gabito Nunes.   (via distanciarei)
“A gente tem e sempre vai ter a escolha de pegar ou largar, ir ou ficar, se abraçar ou se soltar de vez.”
Clarissa Corrêa.  (via inverbos)
“Vai sofrer um pouco sim, ou tá achando que a vida é só comprar Barbie?”
Tati Bernardi. (via imunidades)
“Ela te quer mais do que você possa imaginar.”
seraneios (via teusorrisomencanta)

Um dia você aprende que a felicidade não se anuncia por aí.

“Algumas pessoas vão lhe encher o saco. Vão bater na sua porta, e sentar numa cadeira, e consumir seu tempo sem lhe acrescentar nada. Quando muitas pessoas nulas aparecem e seguem aparecendo você tem que ser cruel com elas, pois elas estão sendo cruéis com você. Você tem que botá-las pra correr. Algumas pessoas que são tão interessantes por si só, só trazem energia e luz próprias, mas a maioria não tem serventia alguma, nem para você, nem para elas mesmas. Tolerar os embotados não é sinal de humanidade, apenas aumenta seu próprio embotamento, e eles sempre deixam um pouco desse peso com você quando vão embora.”
Charles Bukowski. (via recomendar)

suffixyou